01/12/2017

Utilize o saldo do seu FGTS para quitar parcelas de consórcio do seu imóvel

Muitos têm o sonho de adquirir seus próprios bens, como, por exemplo, a aquisição da casa própria, e escolhem o consórcio para realizar seus objetivos, devido os vários benefícios proporcionados. Ao adquirir a carta de crédito do imóvel, é hora de pagar as prestações, sempre sem juros. E você sabia que é possível custear essas parcelas utilizando o seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)? Se liga aqui que nós vamos explicar como.

O uso do saldo do seu FGTS pode ser utilizado para a modalidade de amortização, sendo necessário estar em dia com o pagamento das prestações; liquidação de saldo devedor, podendo o consorciado estar ou não em dia com as prestações; e pagamento das prestações, permitindo que o consorciado utilize o saldo em 12 prestações mensais, limitado a 80% do valor da presta­ção, incluídas as em atraso, até três, quando houver.

Se interessou? Conheça os pré-requisitos:

Do trabalhador

  • O trabalhador deve possuir três anos de trabalho sob o regime do FGTS na mesma empresa ou em empresas diferentes.
  • A cota de consórcio utilizada para aquisi­ção do imóvel deverá estar em nome do trabalhador, titular da conta vinculada a ser utilizada.
  • O titular da conta não poderá ser detentor de financiamento do Sistema Financeiro da Habita­ção (SFH) em qualquer parte do território nacional, na data da aquisi­ção do imóvel.
  • O titular da conta não poderá ser proprietário, promitente comprador, usufrutuário ou cessionário de outro imóvel no município de residência ou no local onde exerce a sua ocupa­ção principal, incluindo os municípios limítrofes ou integrantes da mesma região metropolitana, na data de aquisi­ção do imóvel.

Do imóvel adquirido por meio do consórcio

  • Deverá ser residencial urbano.
  • Deverá estar registrado no cartório competente em nome do trabalhador titular da conta vinculada.
  • O valor máximo de avalia­ção do imóvel, na data da aquisi­ção, não pode exceder ao limite estabelecido para as opera­ções do SFH.

Intervalo para a utilização do FGTS

  • Na utiliza­ção do FGTS para amortiza­ção ou liquida­ção de saldo devedor de financiamento, o intervalo mínimo é de 2 (dois) anos, contados a partir da data da última amortiza­ção/liquida­ção procedida pelo mesmo trabalhador. Esse período diz respeito à utiliza­ção por um mesmo trabalhador, podendo o coobrigado do financiamento amortizado há menos de 2 (dois) anos utilizar seu FGTS para nova amortiza­ção/liquida­ção do financiamento em questão, desde que atenda aos demais requisitos da modalidade.
  • Em caso de uso do FGTS para pagamento de parte das presta­ções, ao término do prazo de utiliza­ção, poderá ser iniciada uma nova utiliza­ção.

E aí, gostou? Agora você já sabe que o crédito do FGTS pode servir de grande ajuda para a compra daquela casa dos sonhos. Entre em contato com a Bancorbrás Administradora de Consórcios e saiba todas as informações sobre o consórcio imobiliário.