26/12/2018

Vai sair de férias? Confira algumas dicas para deixar a sua residência mais protegida

O último mês do ano já chegou e várias pessoas já se preparam para uma viagem nas tão esperadas férias. Seja para curtir com a família ou com os amigos, o importante é já estar com as malas arrumadas e com aquela expectativa boa para o descanso e diversão.

Porém, com a euforia à tona e tantos planejamentos do que fazer para aproveitar esse período, um questionamento não pode faltar: como ficará a segurança da minha residência? Dá até um friozinho na barriga, não é? Para aproveitar da melhor maneira as férias, é preciso estar tranquilo, afinal, ninguém quer deixar as preocupações interferirem na viagem.

E para que você não deixe de curtir o merecido descanso neste fim de ano, nós separamos algumas dicas para deixar a sua residência mais protegida antes de pegar a estrada ou o voo com destino para as férias.

Mantenha sua residência mais segura

Para isso fique atento a algumas medidas de segurança para evitar aborrecimentos enquanto estiver fora. Confira:

Correspondência

Contas, jornais, revistas e aqueles folhetos de Tv a cabo e pizzaria acumulados na porta da sua residência é um dos principais indícios de que o morador está ausente. Se for passar pouco tempo fora, é a hora de pedir aquele favor para um familiar ou um amigo guardar as correspondências. Outra dica é providenciar uma caixa de correspondência que comporte bem as cartas entregues pelo correio, por exemplo.

Luzes acesas

Deixar uma luz acesa para parecer que tem gente em casa é uma das favoritas para quem vai passar um tempo fora. Porém, cuidado! As lâmpadas ligadas dia e noite podem mostrar justamente o contrário: que o lugar está vazio. Então, aproveite aquele camarada que já está indo a sua residência ocasionalmente e peça-o para mudar diariamente o ambiente que ficará com a luz acesa.

Portas e janelas

Ao sair de férias, tranque todas as portas e janelas. Não esqueça também das internas, pois, em caso de invasão, é uma forma de dificultar a circulação na residência.

Desligue a campainha

Tocar a campainha é uma maneira de saber se tem gente em casa ou não. Por isso, chame um eletricista antes de viajar para que ele desinstale o equipamento. Vale até inserir um aviso “Campainha em manutenção”.

Deixe um carro na garagem da casa

Se você mora em uma casa e não vai viajar com o carro, deixe-o na garagem ou em um lugar perto da residência. A presença do automóvel é um indicativo de que possa tem alguém em casa.

Equipamentos eletrônicos

Se você quer evitar ao máximo incêndios e problemas elétricos, desligue, absolutamente, todos os eletrônicos da tomada.

Cópia de chaves

Entregue uma cópia da chave da sua residência a alguém de confiança para que ele possa checar, de vez em quando, se está tudo em ordem. Além disso, ele pode molhar suas plantinhas e, se for o caso, até ir cuidar diariamente do seu pet. Um belo de um favor, não é? Então, não se esqueça de trazer alguma lembrancinha da viagem.

Seguro residencial

Fazer um seguro residencial é a dica mais importante. Se você seguir todas as orientações acima e mesmo assim alguma coisa acontecer na sua residência enquanto você estiver fora, o seguro residencial será o seu melhor aliado. Ele poderá ressarci-lo em caso de arrombamento, furto ou outros tipos de danos ao seus bens e ao imóvel em geral. 

Além da segurança de ter esse suporte em caso de alguma eventualidade, vale ressaltar que o custo de um seguro residencial é bem menor do que as pessoas pensam normalmente, comparado a um seguro de automóvel. Para isso, separamos para você um tópico sobre como contratar um seguro residencial.

Seguro residencial para seu imóvel

Contratar um seguro residencial com certeza fará suas férias mais tranquilas. E não se preocupe se você mora em imóvel alugado, casa ou apartamento. Este serviço garante a proteção contra diversos tipos de danos, em qualquer um dos casos.

Para negociar um seguro residencial, primeiramente, você deve acionar uma corretora de seguros de confiança. É necessário preencher um formulário indicando os seus dados pessoais e outras informações, como:

  • Se mora em casa ou apartamento;
  • Se o imóvel é habitual ou veraneio;
  • Se a residência está dentro de um condomínio fechado, entre outros.

Todas essas informações servem para que a corretora de seguros faça o melhor plano de segurança para a sua residência. Logo, é importante ser bem sincero!

Feito isso, é hora de definir as principais coberturas, que podem ser definidas conforme a necessidade e prioridade do contratante:

Estrutura da residência

O seguro pode cobrir danos materiais causados pelos seguintes acontecimentos:

  • Incêndio, fumaça e explosão;
  • Vendaval, chuva de granizo, vento forte, raios;

Dentro do imóvel

Furtos ou roubos – Cobre os bens que foram retirados da residência e outros possíveis danos causados pela ação, como por exemplo, o arrombamento. Existem apólices que possuem coberturas até para bikes.

Danos elétricos – Cobre os danos aos eletrônicos causados por curto circuitos.

Conserto de eletrodomésticos – Cobre os danos em eletrodomésticos, ressarcindo a troca de peças, subtração ou mão de obra em máquinas de lavar roupa, geladeiras e etc.

Serviços 24 horas

Além das coberturas, o seguro residencial ainda oferece serviços emergenciais de 24 horas, para reparação e manutenção do dia-a-dia. Alguns deles são:

  • Chaveiro;
  • Encanador/desentupimento;
  • Vidraceiro;
  • Troca de interruptores e lâmpadas;
  • Limpeza de calhas, caixa d´águas e ralos;
  • Reparos elétricos;
  • Retirada de entulhos;
  • Instalação de olho mágico e interfones;
  • Troca de telhas ou cobertura provisória de telhados.

A Corretora de Seguros Bancorbrás oferece os serviços das seguradoras líderes de mercado. Consulte-nos e veja as melhores coberturas para você deixar a sua casa bem protegida e curtir as férias sem preocupações.

,